Segunda-feira, 27 de Agosto de 2007

Como angariar em exclusivo? - Porquê é tao dificil?

 Aqui está uma pergunta que com certeza todos os profissionais do imobiliário gostaríam de saber....

Nao há formas fáceis de angariar imóveis em exclusivo, os clientes habituaram-se a ser "enganados" por agentes e/ou angariadores que angariaram em exclusivo sob qualquer forma, prometendo o que nao podíam cumprir, hoje os clientes estao mais desconfiados deste tipo de angariaçao, e é necessário mais que nunca, muito profissionalismo e honestidade para angariar imóveis em exclusivo de maneira eficaz, conseguindo fidelizar clientes, e termos a recompensa do nosso árduo trabalho.

 

Vou tentar criar passos para uma angariaçao exclusiva e colocá-los aqui, assim como colocar alguns documentos disponiveis on-line. Entretanto se algum leitor quiser sugerir outras formas, por favor, façam-no, pretendo que o meu blog seja um espaço de aprendizagem mutúa.

 

 


Passo 1: APRESENTAÇAO
Se queremos que um cliente confie em nós, em exclusivo, a venda da sua casa, é necessário que nao só pareçamos crediveis, como também o sejamos. No nosso trabalho devemos apresentarmo-nos vestidos de forma cuidadosa, pois isso dará imediatamente uma imagem de nós próprios.

Eu recomendo que se elabore um caderno de apresentaçao da empresa, onde se indique a experiência desta, os anos de actividade, recomendaçoes de clientes, clientes referência, a experiência profissional do consultor e porque nos consideramos profissionais, que serviços poderemos oferecer etc.

Em uma angariaçao exclusiva recomendo sempre que esta se realize em duas reunioes, a primeira passará por a nossa própria apresentaçao, e recolha de dados do imóvel para elaborar um estudo de venda desse imóvel em concreto.

Na segunda reuniao apresentaremos um estudo de mercado com valores em especifico da zona de venda do imóvel, condicionantes do mercado imobiliário, preço minimo e máximo do imóvel, exemplo de imóveis identicos vendidos naquela zona, vantagens de entregar em exclusivo a venda do imóvel, e um plano de marketing em especifico para a venda desse imóvel.

publicado por noticias-imobiliario às 09:29
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 14 de Agosto de 2007

Franchising Imobiliário - Sim ou Nao?

Eis um tema que tenho analisado nos últimos tempos.

É realmente vantajoso aderir a uma rede de franchising imobiliário?

O franchising aporta de facto reais mais-valias a uma imobiliária tradicional?

O preço que se paga pelos franchising’s é justo?

De seguida vou realizar uma análise entre aderir a uma rede de franchising ou continuar no modelo tradicional de imobiliária.

  

Reais Vantagens do Franchising:

 
1. Conhecimento do mercado, metodologia de trabalho definida.
Factor importante, para quem decide abrir uma imobiliária sem experiência no ramo. O mercado imobiliário como qualquer actividade tem as suas especificações, para quem não tem qualquer experiência em imobiliário, o franchising irá formá-lo ensinar-lhe as bases do negócio, é quase imprescindível aderir a uma rede de franchising, quando não se possui experiência.

 


2. Marca Nacional/Internacional de renome
Estar integrado numa grande marca, sem dúvida trará benefícios. Mas não se iluda, o facto de ser franchisado de uma grande marca não garante de forma nenhuma o seu sucesso. Pela minha experiência, a qualidade de uma determinada rede de franchising, não se pode definir com exatidão. Cada agência em especifico é um caso em concreto, mais do que pertencer a uma grande marca, deverá preocupar-se se a pessoa que vai dirigir a loja, se tem realmente competência para esse fim. Você pode não pertencer a nenhuma rede, e possuir uma excelente equipa de trabalho bem formada e tenho a certeza que venderá mais do que 80% das agências franchisadas em Portugal, no entanto, se possuir a mesma equipa e pertencer a uma rede de franchising, claramente está em condições de se tornar uma referência muito importante no mercado. Além disso, o cliente, actualmente, mais do que as marcas, analisa através de internet e outros meios, os preços. Pode pertencer a uma grande marca, mas se a concorrência tem preços mais competitivos, não se iluda, perderá os clientes.


3. Economia de escala (Acesso a condições especiais)
Para mim é a principal vantagem de um sistema de franchising. Em algumas redes de franchising, existe uma central de compras e um departamento de parcerias. Por exemplo, recordo-me de falar com um amigo que tem uma imobiliária, e por curiosidade perguntei-lhe quanto pagava por cada placa do tipo “VENDE-SE”, cerca de 14 euros por unidade. Pertencendo a uma rede de franchising, já consegui o preço mínimo de 7 euros, pela mesma placa. Se realizarmos 20 angariações por mês, estamos a poupar, só neste aspecto 7X20= 140 €. Existem muitos produtos em que através de uma central de compras conseguimos descontos significativos tais como: obras gerais, móveis, informática, placas, impressão de publicidade, automóveis, seguros, banca, etc; ATENÇÃO: muitas redes de franchising embora tenham central de compras, utilizam o desconto conseguido, para seu próprio beneficio, não beneficiando assim o franchisado deste real e importante beneficio.

4. Partilha de Imóveis A partilha de imóveis permite que qualquer agência da rede possa vender um imóvel angariado pela tua agência, repartindo depois a comissão pelas agências intervenientes. Muitas vezes transforma-se numa desilusão. A verdade é que na maioria das vezes, o cliente prefere ir á localidade aonde pretende o imóvel do que pedir informações a uma agencia distante. O mesmo não é valido se estivermos a falar de grandes centros urbanos, aqui a partilha de imóveis é uma excelente ferramenta, podendo significar até 60% do volume de negócios.


5. Partilha de Experiências
Como será de imaginar, em uma rede de franchising, o problema de um é o problema de todos. Mais facilmente se encontrará soluções para os problemas que vão surgindo, mais facilmente estará na vanguarda em termo de serviços imobiliários. 6. Formação Inicial e continua A formação em uma rede em principio, está mais especializada, como a rede possui informação acerca dos erros mais cometidos, pode direccionar a formação para colmatar essas falhas. Em algumas redes a formação é totalmente gratuita, tanto para franchisados como para comerciais.

 7. Acompanhamento e análise de resultados Vantagem muito positiva. Algumas redes de franchising, enviam periodicamente, pessoas qualificadas a visitar cada agência franchisada, para análise de qualidade, por mais que possa parecer uma fiscalização, é o que nos permite aperfeiçoar os nossos métodos. Esta pessoa também analisará problemas locais da agência, tentará propor formas para resolvê-los. Sem dúvida será uma grande ajuda.

8. Fundo de Marketing e Publicidade Teoricamente é o fundo que vêm dos royalties de publicidade de uma rede de franchising, que deverá ser gerido não pelo máster de franchising, mas sim por uma assembléia de franchisados, que irão decidir, como, quando e onde vão utilizar o dinheiro disponível em publicidade. Estando desta maneira e reverter uma quantidade percentual de cada venda para utilizar á posteriori em publicidade. Em algumas redes, este fundo é gerido pelo máster de franchising, o que pode levar a que este mesmo utilize esse dinheiro de forma incorrecta para seu próprio beneficio.

Conclusão: Aderir a uma rede de franchising imobiliário pode ser uma excelente opção, mas para ser honesto, ainda não encontrei de perto nenhuma rede de franchising em Portugal, que contemplasse tudo isto em simultâneo e em pleno funcionamento. Umas ganham mais por um aspecto, outras por outro. Não tenho duvidas que surgirá ou já surgiu no mercado alguma rede diferenciadora por agrupar todas estas condições num só conceito.

publicado por noticias-imobiliario às 09:52
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Sexta-feira, 27 de Julho de 2007

Panorama Actual do Imobiliário

BOOM ImobiliárioNa década de 90 deu-se um BOOM gigante no crescimento de imobiliárias no nosso país, o mercado imobiliário apresentava um crescimento notável, e todos quiseram e bem, aproveitar esse crescimento. Todavia em meados de 2000, as coisas mudaram. A procura já nao é a mesma e aparentemente, é mais dificil proceder á venda de um Imóvel.

 

Isto é um obstáculo, ou uma oportunidade????? Na década de 90, todas as imobiliárias ganharam dinheiro sem grande dificulade, nao era necessário ser grande profissional, para se conseguir grandes rendimentos neste sector. No entanto, os clientes eram mais adversos á imobiliária do que actualmente. Hoje fala-se na grande crise do imobiliário, mas pela minha experiencia, as imobiliárias mais bem preparadas, mais profissionais, e com mais variedade de serviço, estao neste momento a obter rendimentos, nunca obtidos até entao. Claramente estamos perante uma oportunidade, cerca de 60% das transacçoes imobiliárias nao sao mediadas por agências, o que significa uma grande fatia de mercado com grande potencial, por outro, os proprietários nunca precisaram tanto das agências como actualmente, já nao conseguem vender os seus imóveis sem ajuda de profissionais. Entao paremos de nos lamentar, paremos de falar em crise imobiliária, e vamos por maos á obra, acrescendo serviços de valor acrescentado ás nossas empresas, inovando e acima de tudo trabalhando muito. Se o fizermos tenho a certeza, que alcançaremos resultados nunca imaginados neste ciclo económico.

publicado por noticias-imobiliario às 08:21
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

.Registre o seu site nos motores de Busca:

.Outros Sites do Autor

Noticias Imobiliárias
Sonhos Teus
Casas de Turismo Rural

Filipe Gomes
Posicionamento motores de Busca
Aumente os seus rendimentos
Livro "O SEGREDO"
Manuais e cursos GRÁTIS
Ferramentas Internet
Ganhe dinheiro navegando

.arquivos

.subscrever feeds